Minha infância!
Vera Jarude




Vivida, como todas as crianças, em cidade pequena,
morando nessa beira do rio, que maravilha...!!!

Bem diferente de hoje, claro!
Nos dois lados da rua só mangueiras e goiabeiras, não tinha asfalto e
as lojinhas de madeira eram tudo que havia (agora virou patrimônio histórico)
por isto está lindo assim !

Quando o rio enchia
(ficava bem pertinho da casa)
podem imaginar o que
faziam as crianças?

Tudo era festa e alegria para a criança que sonhava,
cantava, flertava, e esperava seu príncipe encantado.
Jogava bola na praia,
petecas nas calçadas,
parecia uma moleca
de tão danada que era.

A vida foi bela até os
13 anos quando tudo
mudou para ela.

Logo trocou as bonecas,
para ser mãe e fazer do
filho seu boneco, já que tinha cabeça de criança.

Não estava preparada para tal aventura e nem pensava que o mundo,
com filho, seria o mesmo.

Ah, como tudo foi difícil!
Vida totalmente diferente
dos sonhos de criança, mulher e mãe!

Meu Deus, como foi difícil!
Lembranças doídas nesse coração sofrido,
mas com esperanças
de poder um dia ser feliz!
 

Imagem: Recebi sem autoria
Wav: Eduardo Lages - Emoções
Arte e Formatação: JoiceGuimarães

 

Voltar