Cenários da vida

Vera Jarude


O cenário é tão semelhante...
ao que conheci quando chorei à beira do rio.
Cada barco que ancorava,
o coração disparava...

Cada por-do-sol,
era como se não houvesse amanhã,
Ali eu queria morrer
mas também queria vê-lo.

Andava de um lado para outro,
e as horas não me acompanhavam.
Cada passo era uma tortura...
Olhava aquele rio imenso que parecia não ter fim...


A praia estendida aos meus pés,
e ninguém parecido com você.
Mesmo assim eu pensava: - Ele vai vir,
eu creio sim!

Chequei a ter delírios, ver miragens,
de pensar que vi você,
o coração quase não suportou,
a dor pela sua ausência....

Vou lembrar sempre,
tenha certeza,
cada lugar, cada cenário,
cada lágrima derramada,
porque sei que um dia
você virá,

Deus há de permitir!

 


 

Arte Vera Jarude
 
 
Voltar